quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019

Macacões Acessíveis

ZARA

1. MANGO * 2. LANIDOR * 3. BERSHKA

Por vezes ando por essa net fora e vou apanhando uma ou outra foto de  peças que eu gosto e vou ficando com elas guardadas para futura inspiração. Independentemente, de algumas peças serem um atentado à carteira de qualquer individuo do proletariado, eu não olho ao preço para me inspirar (até porque ainda não se paga imposto). 
E quando publiquei um que me agradou particularmente, pediram-me para fazer uma lista de macacões mais acessíveis mas igualmente giros. Dei uma volta nas lojas e encontrei estes acima mas os que gostei mesmo são os que se compram online. Ficam alguns exemplos! 








sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

It´s Friday! I´m in Love ♥

Blusa 

Acho que ainda estava em falta em mostrar aqui esta blusa, pois ainda não tinha publicado. Já tinha publicado no Stories a saga que passo com ela com esta questão dos botões. 
Eu adoro a blusa mas digo-vos, apertar e desapertar isto, é uma emoção e desespero. 😅 
E de facto lembro-me das noivas que escolhem este tipo de vestido para o seu casório. A verdade é que para elas está tudo bem 😆 pior é para quem tem de apertar e desapertar estes botões, é um suplicio.
Desculpem a cor da primeira foto mas estava muito sol e o telemóvel não foi muito fiel ao original. A cor dela é mais este bordeaux das fotos abaixo. 
Mas é fresquinha e giraça para estes "pré-dias-de-primavera".
Ahh e se quiserem comprar com um descontinho extra, podem usar o código: Cristina10 (%10 extra de desconto em compras superiores €60)
Boas Compras! 





1 conjunto fácil para usar no "pós" Dia dos Namorados #3



A quote a day keeps the doctor away #1356


quinta-feira, 14 de fevereiro de 2019

Pancadas Amor 😶

Stock Photos Por Kamil Macniak/Shutterstock
"Se não gosta que uses maquilhagem", "se a discussão acaba sempre com uma ameaça", "se te humilha frente a outras pessoas" ou "quando te proíbe de falar com outras pessoas", são sinais de violência que a campanha pretende combater.
"Se o teu namorado ou namorada tem atitudes que te deixam desconfortável, com o objetivo de te controlar, dominar ou humilhar, isso é um sinal de que algo está errado e isso não é um namoro a sério", é uma das mensagens principais da campanha."

Mais de metade dos jovens já sofreu violência no namoro e maioria acha natural 

Noticia do JN 

Quanto mais tempo passa e pensamos que agora sim, estamos evoluídos, eu olho para as noticias e vejo que algo de errado se passa na sociedade. 
Pensamos nós que já passamos o pior, que as guerras são coisas do passado e que as discriminações são coisas de mentes retrógradas e que a violência conjugal são coisas de uma geração mal instruída. Mas daí ao que verdadeiramente acontece, vai uma longa distância. Olho à minha volta e vejo cada vez mais intolerância, discriminação e violência. E sinto-me assustada! Assustada porque tenho uma criança que está a crescer num mundo que nunca pensei estar a voltar no tempo. 

Desrespeito, falta de civismo, falta de educação, isto é de base senhores! 
Nós somos responsáveis pelos jovens que serão o nosso futuro, não se pode tolerar enquanto educadores faltas de respeito, faltas de educação e falta de civismo para com os outros. 
Até podem não concordar mas eu corrijo vezes sem conta os comportamentos menos correctos da minha criança. É natural que não queiram cumprimentar os outros, dizer Obrigada, agradecer, simplesmente porque são crianças mas o nosso dever é corrigir. É mostrar qual o comportamento correcto, é insistir! 
Uma coisa é ser tímido e outra bem diferente, é ser mal educado. 
É preciso ensinar que não é correcto bater nos outros, insultar, ou mal tratar os colegas. É preciso como educadores, dar o exemplo e agradecer e cumprimentar e dizer Bom dia! Quantas vezes vejo verdadeiros parvalhões ao volante, na rua ou em espaços sociais que não respeitam ou outros em frente aos seus filhos... e como serão estas crianças quando forem adultas? Com estes exemplos em casa? 

É ensinar que somos todos iguais, que somos todos feitos da mesma matéria, independentemente da sua cultura, orientação sexual ou religiosa. É dizer aos meninos e às meninas que ninguém é melhor que ninguém, que somos todos iguais (sejamos Homens ou mulheres) É um trabalho diário, o nosso trabalho. Dá muitoooo trabalho, sim! É mais fácil fazer de conta que tudo se resolve e que eles aprendem com a vida, na net ou com os colegas. E isto é arriscar o futuro dos nossos filhos, é confiar na sorte, e talvez estar a contribuir para adultos disfuncionais. 

Quando leio estas noticias fico assustada como é possível acharem normal ou natural a violência no namoro? A falta de respeito, a manipulação, a violência como algo que faça parte do Amor (?????) 
Algo aqui me escapa, e alerta para o que anda por aí nesta sociedade que se diz evoluída. 

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

Spread the Love ♥



Está bem, concordo quem diga que não precisa de uma data para oferecer presentes e bibibi, claro que não! Mas é tão bom receber um miminho de quem amamos ♥ 
Não precisam de ser caras, ou únicas, precisam de ser oferecidas com sentimento. Só o facto de sabermos que ele teve o cuidado para ir e escolher, pensar em nós e oferecer algo, por si já é mágico! 
E então quem namora e estás nos anos de grande ebulição do Amor, devem usar e abusar deste dia. 
Fazer uma coisa diferente neste dia, até ir a um restaurante (que para mim é impensável nesta data, que está tudo cheio até ao tecto) para quem não tem um lar onde possa partilhar estes momentos a dois; é sempre uma opção válida. Inovem, e aproveitem cada dia! Posso garantir que num piscar de olhos, já estamos todos em 2045 😅



A quote a day keeps the doctor away #1353


terça-feira, 5 de fevereiro de 2019

E esse exercício, como vai?


Não sei se notaram mas eu nunca mais vim cá falar das minhas aventuras no ginásio, talvez porque já não existe ginásio na minha vida 😅 Vocês sabiam que isso ia acontecer um destes dias não sabiam?
Eu sou uma fraca, eu sei! Sou daqueles casos que acho que só vou lá com terapia que  vontade própria e sem ajuda, nunca vou "gostar" de exercício.
A verdade é que sei que me faz falta, por mais preguiça que eu sinta, eu tenho a noção que temos de nos manter activos e por ter essa noção é que acho que preciso de terapia 😅
Uma pessoa olha para todas estas roupas "lindérrimas" e sapatilhas de babar e quaseeee tem vontade de voltar 😆 Gosto de Pilates e sei que me faz bem, por isso tenho de repensar os meus horários e voltar ao meu Pilates, que sei que me estica toda e faz maravilhas pelos meus músculos. 
2019 terá de ser a minha terapia!