segunda-feira, 23 de janeiro de 2023

Janeiro... ainda!

 



Bom dia! Bem vindos à 27ª. Segunda feira do mês de Janeiro...

sexta-feira, 20 de janeiro de 2023

Tempos Modernos

Estou a chegar à conclusão que mais vale começar a enviar vídeos de Tik Tok, em vez de e-mails. Isto de ler o que se escreve é muito 1999 🙄 e atentos, estou a falar em contexto laboral. 🤦🏼‍♀️
Talvez se enviar a minha pessoa a dançar e a debitar a mensagem, terei mais sucesso 🙄 de certeza.
Espectacular, como cada vez mais ninguém lê, com olhos de ver, os emails que enviamos ...

terça-feira, 17 de janeiro de 2023

Sobre as greves


Há coisas que me revoltam as entranhas, e claramente era mais fácil assobiar para o lado mas como eu não sou um molusco, cá vai!

Mais uma vez assisto as pessoas a crucificarem mais uma classe profissional. Desta vez são os professores que estão a lutar pelos seus direitos e em vez de estarmos todos solidários, faz-se exatamente o contrário. 
Amigos, a culpa não é dos professores, a culpa é de quem constantemente prejudica esta e outras classes profissionais, essenciais para nós como país. Governos atrás de Governos que preferem gastar os nossos impostos a engordar bancos, a salvar empresas que desperdiçam dinheiro, a engordar os tios, dos primos, dos amigos que são sempre família de alguém. Isto sim é revoltante, não são os professores que estão a lutar por melhores condições de trabalho. 
Que porra! Dá para se porem no lugar de um professor? Ou de um assistente hospitalar? Ou de um polícia?? Gostariam? Querem saber? Eu não! Há maus profissionais? Claro que sim, em todo o lado. Mas não gostava de andar com a casa às costas, de deixar a minha família e ir para longe, ter de pagar do meu bolso alojamento e tudo associado e ainda ter que sobrar dinheiro para a família e para as contas que ficaram lá longe. Não ter a certeza de ter emprego no Setembro seguinte... andar anos e anos como precário... mas alguém no seu perfeito juízo gostava de ter uma vida assim? 

E que tal valorizar o trabalho que fazem? Ensinar! Já estiveram em casa a ensinar os vossos filhos? Salvo raras exceções, é o inferno! Ao fim de meia hora, já estamos a desesperar com eles pois ou não estão atentos, ou não entendem, ou estão a responder torto. E são os nossos filhos, agora imaginem ensinar os filhos dos outros, 25 dentro de uma sala, e conseguir aquilo que nem nós conseguimos com os nossos filhos. 
Não gostamos que os filhos fiquem sem aulas, estamos de acordo, mas a culpa não é dos professores. Estão a fechar maternidades e serviços, a culpa é dos médicos? Cristo! Claro que não! Para quando responsabilizar quem realmente tem culpa? 
Não ficam indignados que os políticos tenham ajudas de custo por ir trabalhar para Lisboa (surpreendam-se, também sai dos vossos impostos) mas os professores e os policias, por exemplo, não tenham? Acham normal? E são estes que lutam por melhores condições que têm culpa? Ai, Santa paciência. Não sejam mesquinhos, e com uma falta de empatia atroz por quem tenta melhorar a sua vida. 
Ahhh Sav e todas as outras profissões que são injustiçadas? É verdade, existem mas precisamos de "como sociedade" sermos exigentes com todas as áreas. É lutar também por melhores condições. Não é a condenar os outros que a nossa vida melhora, se calhar é o contrário, é ser exigente com quem  prevarica e empático com quem tenta ser e ter melhor para a sua vida. 
É preciso responsabilizar e criminalizar quem prevarica, é preciso uma justiça mais célere e transparente, é preciso ter profissionais suficientes nas áreas estruturais da sociedade, como educação, saúde e polícia. Os nossos impostos não podem servir para pagar e engordar os vícios instalados, nos governos e autarquias. E que tal começar a responsabilizar os gestores pelas más decisões que nos arrastam há anos para buracos sem fim? Eles rodam (muitos ainda levam indemnizações) muitas vezes por incompetência comprovada mas nada acontece... 
Que tal, começarmos a ser mais criteriosos nas nossas criticas? Que tal, mudar a mentalidade mesquinha que se eu estou mal, os outros têm de estar pior? 
Sabem, é que no final das contas, quem se lixa é sempre exatamente nós que pagamos impostos. Mais tarde ou mais cedo, iremos precisar da saúde, da educação ou da justiça. E se quem governa, não é nisto que aposta, nós seremos sempre os afetados.

terça-feira, 10 de janeiro de 2023

Ninguém nos prepara para isto...


Hoje li a frase que mais fez sentido para mim nos últimos tempos: "Nobody told me but the hardest part of adulting is watching your parents grow old." 
Agradeço todos os dias ter os meus comigo até tão tarde na vida, mas nada nos prepara para cuidar deles, quando o que sabíamos era ser cuidados por eles. É um processo que ninguém nos prepara para... principalmente quando temos de continuar a vida que nos engole todos os dias. Não há rede de suporte e só quando se chega a esta altura nos apercebemos como esta altura da vida é desprovida de apoios. Nem imagino, como será ser idoso sem qualquer apoio, sem ninguém que cuide deles 😔

Mesmo que não estejam nesta fase, lembrem-se disto ❤️ cuidem dos vossos! 

domingo, 8 de janeiro de 2023

Tudo eu é demais, enjoa...

Então esses saldos? Acreditam que ainda não comprei nadinha? Claro que o facto dos shoppings estarem abarrotar de pessoas, para mim é corta interesse suficiente. Mas acima de tudo, ando com uma dificuldade imensa encontrar algo que goste (assim muito) Uns dias acho que estou forreta, pois custa-me de carago 😂 pagar o absurdo que pedem por cada peça, hoje em dia... mas outras penso que é mesmo pelo excesso de oferta. É impressionante a quantidade de roupa e colecções que são produzidas nos nossos dias. Lembram-se quando a loja do demo, lançava uma colecção por estação? E ia acrescentando uma peça aqui e ali? Pois eu sou desse tempo 😆
A verdade também é que tudo que é em excesso, enjoa. Não consigo ter a mesma sensação a comprar algo hoje em dia. Nem sequer consigo acompanhar as novas peças que pipocam nas lojas todas as semanas. Ando numa de peças simples mas com mais qualidade. Melhores tecidos, bem mais exigente com a qualidade. Deve ser da idade 😂 só pode!
Quero peças assim simples mas que possa combinar com várias peças. 👇🏻

Audrey Cutout Dress