quarta-feira, 27 de abril de 2011

Some words from some song #5


Happiness hit her like a train on a track
Coming towards her stuck still no turning back
She hid around corners and she hid under beds
She killed it with kisses and from it she fled
With every bubble she sank with her drink
And washed it away down the kitchen sink

The dog days are over
The dog days are done
The horses are coming
So you better run

Run fast for your mother, run fast for your father
Run for your children, for your sisters and brothers
Leave all your loving, your loving behind
You cant carry it with you if you want to survive (...)


Florence and The Machine Dog Days are Over

Já disse isto, mas continuo...

... sem saber o porquê da maior parte das mulheres não agradecer quando lhe damos passagem no trânsito! Continuo sem entender se é por não conseguirem virar o volante e levantar a mão ao mesmo tempo ou se é mesmo falta de educação. Mas se é esta última penso ser deveras preocupante...

sexta-feira, 22 de abril de 2011

Rich People

Existe pessoal cheio da guita muito mal amado!
Hoje só vi pessoal cheio de manias, pessoal que pensa que é mais que os outros e por fim casais que devem ter muito dinheiro mas que está na mesma proporção à sua infelicidade e frustação.
Ah e já agora pessoas assim não se riem para bebés, aliás, já não devem rir há tanto tempo que já nem sabem o que isso é.
Se este é o preço de ficar rico, não quero! Deve ser muito triste...

quinta-feira, 21 de abril de 2011

SAV gosta, SAV partilha


DRI EVERYWHERE

Adoro este blog (ou não compartilhasse da mesma paixão por viagens)
Ela viaja imenso e descreve ao pormenor (com imensas fotos) cada sitio que visita. Tem um leque de viagens invejável (sim, também tenho estes sentimentos muito mundanos) e dicas fantásticas.
Se precisarem de algo ela disponibiliza-se para ajudar, uma querida portanto.

Visitem e deliciem-se!

Deste filme...


Last Night

...tenho a dizer que ficou: "Existem várias formas de traição"

Complexo!

A quote a day keeps the doctor away #74

quarta-feira, 20 de abril de 2011

9 Meses


Costuma-se dizer, 9 meses dentro e 9 meses fora!
Eu não posso dizer isso pois ela estava cheia de pressa e quis conhecer o mundo aos 8 meses pois a porcaria da "Kitchnet" que lhe tinham arranjado era demasiado pequena para tamanha beleza.

Nem acredito que já se passaram 9 meses, que os dentes já crescem naquela boca tão fofa e que já não pára quieta um segundo, fantasticamente gatinha para trás. A alegria estampada na cara quando me vê, o sorriso rasgado despoleta sentimentos que não consigo descrever em nenhuma palavra que conste no dicionário.
Podem dizer que é "cliché" mas a nossa vida nunca mais é a mesma e para bem melhor, sem dúvida, ela completa-nos e disso não tenho a menor dúvida.
Um sorriso dela ilumina o nosso mundo e aqueles olhos conseguem alegrar os dias mais difíceis.

9 meses de uma nova forma de amar!

Coisas bizarras na vida da Saltos Altos Vermelhos #11

Hilariante quando em vez de anotarem o nosso nome verdadeiro apontam o nome do blog, dado que a entidade final só tinha uma listagem com o nome Saltos Altos Vermelhos. E agora? Como me identificar?
Por favor pode me apresentar o seu BI? Não consegui deixar de rir.
O superior veio e perguntou, deixe-me ver os seus sapatos, gargalhada geral! Até porque, estava de saltos altos pretos e não vermelhos. Garanti que ninguém iria apresentar um BI com este nome.
Depois de mostrar o email no telemóvel e de umas boas gargalhadas, lá comprovaram que era eu.

terça-feira, 19 de abril de 2011

O amor é cego... dizem...

Dizem que esta menina está amorosamente envolvida com o José Raposo... não tenho nada contra o senhor, mas esta jovem de 21 anos (ele 47) não arranjava um senhor (como haverei de dizer...) mais jovem e com melhor aspecto?

Só me lembro de uma passagem do senhor (algures num episódio qualquer), a tirar a placa dentária... nunca mais olhei para o senhor da mesma maneira, confesso!

Continuando nas amigas

Adorei o colar!
Published with Blogger-droid v1.6.8

Com amigas destas...




... ninguém pode pedir mais nada aos céus! Meninas cá estão as aquisições feitas com o vale que me ofereceram na Blanco. Assim, ficam todas de uma vez a saber o que eu comprei, mais rápido impossível.

segunda-feira, 18 de abril de 2011

Pés

Esta época do ano é do mais parvo que existe (assim como a passagem do Verão para o Inverno) nunca se sabe (ou pelo menos eu não sei), quando se deixa definitivamente os sapatos fechados a meias finas e se transita para a sandaleca. Existe um período em que meio mundo anda como se já fosse Verão e outro meio como se não quisessem despedir da roupa quentinha.

Mas outra coisa que irrita (grossamente falando) é andar com estes pés cor de círio de igreja! Fica assim com um ar de fulana que nunca mostrou a pele ao mundo e pela primeira vez mostra o seu branco lixívia. É deprimente estes primeiros tempos de cor de pele que mais parece um patrocínio a uma qualquer marca de leite.
Acho que vou ali pintar os pés à pistola para ficarem com melhor aspecto, enquanto isto não ganha cor... e logo agora que o São Pedro resolveu mandar chuva, acho que nem Agosto vou estar apresentável.

E assim se começa um belo dia


Nada como começar o dia da melhor maneira possível, dizem que vai chover mas isso não interessa nada, estamos na Primavera!
Eu já disse e vocês? Já disseram a quem mais gostem que os amam? Muito?
O tempo não pára, nunca se esqueçam!

domingo, 17 de abril de 2011

Ramo

Que mais posso eu pedir?
Uma afilhada simplesmente linda e maravilhosa, com o ar mais meigo que existe, trouxe-me este ramo/vaso lindo. Claro que não preciso de mais nada. Adorei!!
Published with Blogger-droid v1.6.8

sexta-feira, 15 de abril de 2011

Almoço II

Published with Blogger-droid v1.6.8

Almoço

Foto da Artzinha

E o almoço foi passado em cima deste Rio lindo! Digam lá se não sou um privilegiada?
Apesar das minhas perninhas terem tremido de medinho a subir as escadas pois aqui a SAV tem uma fobia (das pequenas grandes) das escadas sem vão (ou lá como se descreve isto) e ainda por cima tremiam quando subia. Nada como quebrar a rotina e fazer um programa completamente diferente, digamos que nos dá uma energia completamente diferente.
Realmente há coisas que nenhum dinheiro consegue comprar. E a amizade é uma delas!!!!

Relações complicadas

Ele anda com ela, vivem juntos, com planos para aumentar a família
Ela partilha do mesmo sonho, e faz de tudo para o conseguir
Ele impaciente acha que está a demorar tempo demais
Ele volta para a outra (provavelmente) a pensar que assim chegava ao sonho mais rápido
Ela fica a saber que ele andava com as duas ao mesmo tempo pela outra
Ele quer as mesmas condições com a outra que tinha com ela
A outra não aceita e quer algo mais concreto
Ele assusta-se e diz que não e deixa a outra
Ele passa a pedir a ela que volte
Ela diz que não mas com o coração cheio de vontade de dizer que sim
Ele quer que ela volte, sente-se perdido
Ela tem pena dele/gosta dele
Será que ela vai voltar para ele?

Que acham? Complexo, não? Existem relações mesmo complicadas!!

Friday I´m in love