quinta-feira, 31 de março de 2011

Sarampelo!



É mesmo por este nome que se dá ao que tem a minha Sabrininhas. Acordou toda às manchas e lá visitamos o pediatra. Diagnóstico feito. Este raio de doença é uma variante do sarampo e eu nunca tinha ouvido falar dela. Mais 3 dias e passa, diz ele.

Nada como ter ido a um aniversário com um bando de crianças. E pronto, está desvendado o mistério.

Para terminar com chave de ouro, o sistema imunitário está em baixo, e uma c*** de uma candidiase apoderou-se da boca dela. Não admira que chorasse tanto...

E já cá canta a primeira doença dela em oito meses de existência, até agora não tinha experimentado nem uma constipaçãozita, nada! Lá está, tinha de ter uma com um nome pomposo.

Muito miminho e colinho este fim de semana só para ela. Obrigado a todos pela preocupação.

Posted via MyMobile

A quote a day keeps the doctor away #70

quarta-feira, 30 de março de 2011

Posso confessar uma coisinha?

Ontem com ela nos braços a chorar e eu sem conseguir fazer nada, apeteceu-me chorar também... pela dor dela e pela minha impotência. Confesso senti-me menos mãe.
Não chorei pois sei que isso não ia fazer nada bem à minha Sabrininhas, mas que fiquei com um nó na garganta do tamanho do mundo, fiquei...

Estado: doente


A minha Sabrininhas é uma lutadora e disso tenho a certeza, mas mesmo assim vim do almoço com o coraçãozito apertadito. A temperatura sobe e desce, e aquela carinha de tristeza põe os meus dias ainda mais cinzentos.
O pediatra disse para aguardar mais 24horas e se continuar com a febre amanhã vamos lá a uma consulta.
Os olhitos estão cabisbaixos como um cãozinho triste.

O que me consola é que está com a melhor mãe do mundo que trata dela como se fosse eu, com agravante de ter muitoooo mais experiência.

Hoje não é um bom dia

O tempo não está para amar e o meu humor também não.
Acho uma piada quando as pessoas do alto da sua sabedoria, fazem julgamentos sobre os outros assim por palavras ambíguas.
Poderia passar ao lado (como habitualmente faço) mas hoje não me apetece.
Fui acusada de nem sempre ter a "melhor conduta" (???) melhor conduta? Aqui no meu blog?
Mas afinal estamos a falar do quê? Propriamente? Se a memória não me falha, nunca ofendi ninguém ou fui rude/mal educada. Na minha terra estes são os tópicos fortes de má conduta.

Sou frontal, e digo o que penso e salvaguardo sempre que o escrevo é a minha opinião de uma simples anónima que habita a blogosfera.
Não estou cá para agradar mas agradeço que quando têm algo a criticar o façam directamente a mim e não ao tio do primo do periquito.
Se fosse por esse caminho, de má conduta poderia eu me queixar de muitas bloggers que habitam esta blogosfera.
Já tive muitos dissabores, desde o completo desrespeito a serem desleais quando simplesmente peço uma informação... já tive de tudo. E nem assim venho
aqui destilar veneno ou apontar o dedo a quem quer que seja. Reduzo-as à sua insignificância que merecem e a que pertencem neste vasto mundo da blogosfera.
Agradeço que quando me quiserem criticar de forma construtiva e eficaz o façam directamente a mim e não através de mensagens subliminares ou através de quem quer que seja.

Quando passo por algum blog que não me agrada simplesmente fecho e não volto, tão simples quanto isto.
Que me digam que não gostam do blog, do que escrevo como o faço, eu aceito, sim senhora, agora me acusarem de má conduta desculpem mas esta não poderia deixar passar.
O que costumam ler aqui no blog é um grão de areia na minha vida, e por isso juízos de valor deixo-os para os meus amigos e quem realmente me conhece na minha essência e não para um qualquer anónimo que se esconde atrás de um blog.

terça-feira, 29 de março de 2011

Pequenina e impotente

Foi exactamente assim que me senti... a minha Sabrininhas a chorar por causa de uma febre que teima em não passar, e eu ali com ela ao colo a desejar com todas as forças que aquela dor e desconforto passasse para mim.
Uma impotência apoderou-se do meu coração, já tinha experimentado tudo mas nada aliviou. Como é possível uma mãe não conseguir aliviar a dor de um filho? Não é justo. O macho lá de casa andou com ela mas ela só me queria a mim.
Dei-lhe aquilo que tenho de mais valioso, o meu amor e carinho. Entretanto o ben u ron começou a fazer efeito e ela agora dorme como um anjinho. Vamos ver como passa a noite...
Published with Blogger-droid v1.6.8

E vai um Dislike para...

Não gostei do Cheiro! Não me cativou.

E vai um LIKE para...

Recebi este no meu aniversário e adorei! Não conhecia mas fiquei cliente.

Nada como conhecer outros animais!

Olha, acabou o casamento após um ano... será que foi porque ela vai para a Selva?

Operação compras de Verão


Ai que eu gosto tantooooo!
Blanco aqui vou eu!

Bom dia/Boa Noite

Antes de mais queria agradecer a todas as simpáticas mamãs e não só, que me deixaram sugestões ao meu apelo. Já tomei nota de de uns quantos nomes.

Dado que a Sabrininhas estava com febre ontem à noite (38,5) mandamos mail para o pediatra com a respectiva foto do eritema e que estava com febre. Indicação para pôr Canesten duas vezes ao dia e continuar com o Lutsine.
Espero bem que passe... ela anda tão cabisbaixa e não tem nada haver com ela. O segundo dentinho está a despontar e creio (do alto da minha trenguisse de mamã de primeira viagem) que seja isto que está a despoletar a febre e este eritema pois até agora ela nunca teve nada no rabiote.


Resultado uma noite daquelas em sobressalto, ela a dormir e sempre queixosa e eu de olho aberto a velar pelo soninho da minha Sabrininhas.
Se não sair nada de jeito hoje, a culpa é mesmo do soninho que ficou com saldo negativo.

segunda-feira, 28 de março de 2011

Fralda ou dentes?

A minha Sabrininhas está com o rabiote com um eritema... não sei se relaciona com os dentes que estão a nascer ou da fralda. O certo é que já anda assim há um tempo e não está a passar.
Estou a usar a pomada Lutsine mas aquilo não está a resultar, se até ao final da semana não passar vou ter de ir ao pediatra.
E vocês? O que costumam utilizar nestes casos?

Rapidinha

Não gosto desta versão e estou cansada de a ouvir.
(Over the Rainbow/What a Wonderful World"
Israel Ka'ano'i Kamakawiwo'ole).

Sai uma doença para a mesa 5

Há coisas que eu sinceramente não entendo...
Existem pessoas que gostam de exibir as suas doenças como se de medalhas se tratassem; adoram andar sempre a queixar-se como se fossem as únicas "bafejadas" por uma dor no estômago ou uma bela dor de cabeça.
E atenção que a delas são sempre bem maiores e piores que a dos restantes mortais, e quando se tenta dar uma solução nunca lhes serve pois nunca ninguém teve algo semelhante.

E quando se diz "estás rouca", aí é que a rouquidão se manifesta, como por milagre o vírus ganha força e incha de tanto orgulho, mas depois o tamanho da rouquidão depende de com quem se está a falar...

Detesto me andar sempre a queixar e muito menos achar que é "cool" andar a fazer o papel de "coitadinha", só a sensação que as pessoas ficam com "pena" de mim, arrepia-me!
Não gosto de trocar "cromos" das doenças que já tive ou das que não faça a mínima de como me vou sentir quando as tiver habitar este corpinho esbelto.
Se soubessem o ridiculo a que se expõem a fazer estas figuras de aumentar cada doença como gostariam de fazer com o ordenado ao final do mês, acho que se internavam durante um mês para desintoxicar.
Mais auto estima, precisam, e os outros agradecem.

Monday arghhh Monday

Bem, nada como uma segunda feira de CHUVA em plena PRIMAVERA (ouviste São Pedro??), ver um acidente na estrada para nos deprimir ainda mais e ainda a sofrer de Jetlag da mudança da hora.
Encontrar 750 mil animais a conduzir sem a mínima noção do perigo e acham que são pilotos de rali pois ficaram inspirados com o Rali de Portugal e isso faz esquecer o tamanho do sexo.

Para completar a cereja em cima do bolo, foi chegar atrasada ao emprego pois estive parada numa fila interminável sem razão aparente... estamos a começar bem!

domingo, 27 de março de 2011

Eu é menos bolos

Não consegui que o raio do bolo ficasse com o melhor aspecto, mas o sabor estava do melhor. Nada como não olhar para a data de validade do fermento em pó! Amadora. Mais nada.
Published with Blogger-droid v1.6.8

sexta-feira, 25 de março de 2011

Bloglivro

Desde jovem que gostava de escrever diários, numa época diferente comecei a escrever blogs. Não com a mesma dimensão de um diário privado mas um sítio onde ia depositando pensamentos e opiniões.
Sempre gostei de folhear os meus diários e agora após 15/20 anos; é ver-me a rir com todas aquelas frases e ansiedades de adolescente.

Estes dias têm surgido diversos pensamentos e eis que me lembrei de imprimir o meu blog e os meus ex blogs e fazer um livro só para mim. Ou melhor para a minha Sabrininhas.
Um dia quando crescer e se tiver curiosidade para saber o que se passou na vida da sua mamã, as suas ânsias e esperanças, lê o bloglivro. E se algo me acontecer, alguma coisa mázinha (credo, credo, credo) ela poderá ler como era a sua mamã. Passou-me este pensamento parvo.
Vou gastar uma pipa de massa nisto mas para já vou construí-lo e depois vê-se. Vou amadurecer a ideia.
Bom fim de semana.

Sexta

Eu sei que é Sexta e este dia anima qualquer simples mortal.
Mas hoje já me dói a barriga de tanto me rir!
Haja alegria e a televisão desligada.

Só espero que não se cumpra o que dizem; se te estás a rir muito ainda vais chorar... lagarto, lagarto, lagarto (em homenagem às eleições no Sporting amanhã)

Can't Be Scared When It Goes Down

NY ao peito

Hoje ando com Nova Iorque pendurado no meu pescoço!
Adorei Marisa.

Smile

E Hoje? Já sorriram?

Hoje dei por mim a pensar como é raro hoje em dia, ao passar por estranhos dar um sorriso! Vi duas pessoas a passar e simplesmente sorriram uma para outra, sem se conhecerem. Simplesmente sorriram.

Hoje já sorri para um estranho na rua e vocês?

quinta-feira, 24 de março de 2011

Agora é que vai ser...


Ora bem, deixem lá ver se eu consigo arrumar as ideias e pôr no "papel" todas as ideias que fervilham na minha mente neste momento sobre "a crise" económica e política.

Será que ainda existe por aí alguém que acha que "ah, agora é que vamos ficar bem pois o bicho papão Sócrates, demitiu-se?" Já li isso muitas vezes pela blogosfera fora. Não! Não vamos ficar... e sinceramente acho mesmo que vai piorar. Partidos da oposição a falarem como se eleitos já estivessem e com medidas iguais às que chumbaram no parlamento. A culpa é só do Sócrates? Não! A culpa é de uma sucessão de erros que já vem desde 1990 com sucessivos governos "desgovernados".

Tudo que é classe politica causa-me uma certa urticaria mas vivemos em democracia e somos obrigados a lidar e levar com eles. Solução, usar a única arma que temos, o direito ao voto.
A verdade é que uma boa parte dos portugueses nem sequer querem saber desta coisa chamada "eleições" e é mais cómodo ficar em casa ou a laurear a pevide no dia das eleições (dá para fazer tudo, acreditem).
Chegamos a este ponto critico e todos mandam a sua "posta de pescada" e eu pergunto mas usaram do vosso poder de voto? Muitos não! Gostam de se queixar das opções dos outros, é mais fácil e mais cómodo. A indiferença é bem pior para as crises do que muitos grupos parlamentares.

Não é fácil, não vai ser fácil mas temos mesmo de fazer a nossa parte, interessem-se, informem-se, e façam alguma coisa pela vida. Não vamos afundar com a crise, vamos fazer a nossa parte, vamos decidir em consciência, vamos votar!

A quote a day keeps the doctor away #69

Escreveram e eu concordo muito






Sim a uma melhor remuneração e estabilidade laboral para licenciados. Mas também nem todos podemos ser Doutores. E pais e mães deste país, pensem que mimar demasiado os meninos nem sempre é ajudá-los. É preciso desde muito cedo ensiná-los a serem adultos responsáveis.

A minha querida Dina, fala dos pontos essenciais.
Somente acrescentaria que claro que não podemos generalizar, e que existem jovens que querem mesmo trabalhar e não arranjam emprego. Mas que existem muitos problemas estruturais, lá isso existem...

Obrigado

Obrigada a todos que passaram aqui no meu estaminé e deixaram uma palavrinha de Feliz Aniversário. Adoro saber que vocês estão desse lado!

quarta-feira, 23 de março de 2011

Mais um, mais 365 dias de uma vida cheia!

Hoje é o dia!
Não vou negar que adoro o dia que faço anos... não que faça nada de especial ou sequer tire o dia, simplesmente é o meu dia.
Um aniversário diferente cheio de sentimentos incontornáveis que me aquecem o coração. Gosto de o partilhar com todos, de espalhar a minha alegria.
O meu primeiro aniversário como mãe (no verdadeiro sentido da palavra) vou partilhar-lho com a minha família, nós os três e um jantar especial.

Dou por mim a pensar que isto da idade começa a dar-nos consciência de que o tempo é veloz e eu que era simplesmente filha, sou agora mãe!
33 anos a ser filha e de repente em oito meses virei mãe de uma Sabrinas que enche a nossa vida de alegria. Saber que ela depende de nós (e nós dela) que um novo núcleo de amor cresce dentro de nós e desta casa.

Não voltava atrás, não queria ser mais nova, quero ser o que sou com tudo de bom e mau que isso possa implicar. Só tenho pena do tempo passar rápido demais, e nem sempre conseguirmos aproveitar tudo aquilo que devemos e queremos das pessoas que amamos.
Mas fica aqui a lembrança que nunca deixem de dizer que amam ou que gostam de alguém, o tempo voa e a vida é curta demais.

terça-feira, 22 de março de 2011

Só para terminar o dia

Este fim de semana ouvi mais uma vez a chamar "você" às criancinhas. Existe alguma lógica que eu não entendo ou é mesmo para distinção social??

Rei morto, Rei posto

Há mulheres que têm cá uma capacidade de repôr o stock de Homens que é uma coisa fantástica.
Não têm problema nenhum em arranjar um substituto para o ex mas é incrível pois pelo que ouço, anda por aí uma crise no mercado dos Homens de Jeito.

A Eva já tem um novo (que por acaso também é mais novo 10 anos) o irmão da Penélope Cruz.
Acho que muitas mulheres no nosso Portugalito gostariam de saber a fórmula destas mulheres.

Acordo? Sem acordo!


Desculpem a frontalidade, apesar de já o ter dito aqui neste blog, acho a maior parvoíce este novo acordo ortográfico.

Estava eu a ver o programa da RTP1 "Em Bom Português" quando me deparo com esta questão:

Pára a moto ou Para a moto - qual a versão (sob o novo acordo) que se encontra correcta?
Está visto que a segunda... fiquei para a minha vidinha! Mas isto é normal?

Está visto, vou dar erros ortográficos o resto da minha vida. Se pensar que viverei mais uns 60 anos (não vou fazer por menos, claro), serão anos de completa vivência em época medieval.
O que me preocupa é como vou ensinar a Sabrininhas a fazer os TPC da escola... vou ter de contratar alguém mais novo que eu e que não seja contra este acordo.

Detalhes que fazem toda a diferença

A quote a day keeps the doctor away #68

segunda-feira, 21 de março de 2011

Massagem


A Savzinha teve direito a uma Massagem de Bambu (ou lá como lhe chamam) este fim de semana. Foi simplesmente fantástico.
Tenho a vos dizer que as minhas costas estavam feitas num oito... estava a ver que ia gritando! Mas o resultado foi do mais relaxante possível.
Mamãs, um conselho, mimem-se de vez em quando; nós merecemos e as nossas costas (e todo o resto do corpinho) agradecem.

Engana-me que eu gosto!

Encarnei completamente o papel de mãe na minha vida, se por alguns momentos tivesse alguma dúvida, este fim de semana dissiparam-se todas.

Sabemos isto quando em conversa com o "macho lá de casa" chego à conclusão (brilhante, diga-se) que a minha Sabrininhas parece-me o bebé mais bonito de todos os bebés que eu vejo na rua.
E ainda quando ouvimos chamar "mamã"... e grito, disse "mamã" eu ouvi, eu ouvi!
É claro que a minha Sabrininhas não é o bebé mais bonito das redondezas (mas ai quem diga o contrário, humpf) e com quase certeza o que saiu da boca dela não foi mamã, se foi uma palavra de certeza que foi mama... coisa que gosta acima de todas as coisas.
Mas continuo a me enganar e achar que a minha Sabrinas chamou Mamã pela primeira vez. Cada um engana-se com o que quer, ok?

Some words from some song #3

I got on the phone and called the girls, said
Meet me down at Curly Pearls, for a
Ney, Nah Neh Nah
In my high-heeled shoes and fancy fads
I ran down the stairs hailed me a cab, going
Ney, Nah Neh Nah
Ney, Nah Neh Nah (...)

It was already half past three
But the night was young and so were we,
dancing
Ney, Nah Neh Nah
Oh Lord, did we have a ball
Still singing, walking down that hall, that
Ney, Nah Neh Nah
Ney, Nah Neh Nah (...)

Vaya Con Dios

domingo, 20 de março de 2011

sábado, 19 de março de 2011

Pai

Só porque ele já é o melhor pai do mundo!
Há um ano ofereci uma moldura com uma ecografia da Sabrininhas, este ano já tem um dente para iluminar ainda mais, o sorriso maravilhoso.
Isto de ser pai é sem dúvida maravilhoso!

sexta-feira, 18 de março de 2011

Japan

Melhorzita, como o tempo!


Em jeito de agradecimento pelas melhoras que desejaram à minha Sabrininhas, muito obrigado pela preocupação. Ela já está melhorzita mas agora os dentes não estão a dar-lhe tréguas, baba-se imenso, um dentinho já espreita e um rabito muito assado. Estamos a superar cada etapa. Nada que a minha Sabrininhas não consiga ultrapassar... e a mamã também...

Friday I´m in love


Lanidor

Hoje deu-me para isto! Gosto de tudo.

Vai uma cunha?

Blanco

Ora bem, esta primavera a mamã SAV, vai aderir às cunhas! Isto de Saltos Altos é mais perigoso para este emprego de mamã. E agora encontramos cunhas tão giraças. Vão ver-me giraça nestas plataformas.

Friday I´m in love





Em jeito da chegada da minha querida Primavera!