terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Quiosque SAV









A quote a day keeps the doctor away #1053


Let´s get warm ☝

Let´s get warm

1 * 2 * 3 * 4 * 5 * 6 * 7


Dizem por aí que vem uma vaga ainda mais fria para o final da semana. 
Eu não sei bem o que querem dizer com mais frio, talvez assim como abaixo de zero mas eu de certeza que vou proteger a minha cabeça. Sou fã incondicional de gorros
Gosto mesmo muito de andar quentinha. Nem todos me ficam bem, é um facto mas procurando arranjo, de certeza. Eu tenho andado a ver nos saldos mas ainda nenhum me agradou o suficiente para o acolher lá em casa. Andei na net e gostei destes. 
Vou continuar a procura pois preciso mesmo de renovar o stock. 

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Agradáveis Surpresas



Eu cresci na época das telenovelas, não havia nada melhor que o serão a ver telenovelas. Até 1996, acho que vi tudo que era novela brasileira e as poucas que se faziam no mercado português. 
Logicamente que outras prioridade se levantaram quando enveredei pelo mundo académico, deixei de ter tempo para telenovelas. 
Depois vieram as produções nacionais em massa e apesar de reconhecer que estão francamente melhores nunca me conseguiram viciar como as brasileiras nos anos 80 e 90. Não por culpa delas em si mas porque isto da TV e da Internet tiveram mudanças que as poucas horas que me restam livres no dia, não conseguem acompanhar tal ritmo. Não tenho tempo para tudo, é uma verdade! E tenho outras escolhas. 
No inicio deste ano começaram umas séries novas na RTP1, confesso que não sabia mas através do palavra passa palavra, cheguei à série "Sim, Chef!" e à "Ministério do Tempo". Agradáveis surpresas, pelo menos para já. Gostei sinceramente do que vi, gostei do conceito. Ganharam uma telespectadora 😏 
Já li criticas favoráveis e outras nem tanto mas como tudo na vida, comigo é ver (usar, experimentar) para crer! 
Farto-me de dizer que aquilo que vou escrevendo aqui é o que eu gosto, aquilo que funciona para mim, pode não funcionar para o outro. 





Não faço fretes... santa paciência!


Se há coisa que não faço na vida são fretes. Já fiz muitos fretes nesta vida mas cheguei a uma altura da vida que vi a luz e deixei de os fazer...
Cheguei à fase que a frase "Amor com Amor se paga" entrou-me nas entranhas. Se são bons para mim sou uma jóia de pessoa, se fingem não me ver, eu finjo que não os vejo e por aí fora. Gostam como sou, muito bem senão que se façam à sua vidinha e amigos na mesma. Na paz do Senhor! Só me faz falta quem cá está na minha vida.
O meu lugar no lado quente do céu já está reservado por isso, sentimentos altruístas é só mesmo com quem merece, os outros que vão para outra freguesia que a Sav Maria não faz fretes. Sejam muito felizes na vossa vida, que eu fico na minha ♥
Há dias (e isto já tinha acontecido em outra ocasião) cruzei-me com uma rapariga que foi minha colega de primária e de liceu. Éramos assim como amigas, chegadas vá (até fui à comunhão solene da moça, para terem a ideia da proximidade 😅). Na altura de escolher as áreas, seguimos rumos diferentes. Nunca tivemos muito contacto nos anos seguintes, verdade! Nem sempre é necessário, a vida tomou rumos diferentes.
Eis senão quando, me cruzo socialmente com ela, depois destes anos todos de afastamento. Ora, eu reconheci-a mas ela fingiu literalmente que não me viu. Ao contrário da moça que está bem mudada, eu não estou assim diferente (mais velha, claro 😆) mas se eu a reconheci ela com toda a certeza que me reconheceu.
Quando eu tenho a certeza que fazem de propósito que não reconhecem, eu sou profissional a fazer exactamente o mesmo. Tenho pessoas tão boas na minha vida que não vale mesmo a pena ter pessoas sem interesse!
Estou na altura Zen da vida, faço uma espécie de barreira protectora, não entra quem não interessa e que em nada acrescenta de bom à minha vida.

A quote a day keeps the doctor away #1051


quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Rendida às sapatilhas e ao conforto ♥

Rendida às sapatilhas

1 * 2 * 3 * 4 * 5 * 6 * 7 * 8 * 9

Agora é decidir qual a carteira e qual as sapatilhas que mais gostam para o dia a dia. 
Confesso que usar uma carteira minúscula no dia a dia é impossível... não consigo andar sem a minha tralha. E se eu precisar do creme das mãos, do verniz das unhas, da lima, rímel e de tudo que habita lá dentro considerado essencial à minha sobrevivência? Não consigo... não consigo "destralhar" facilmente. Mas que aquela é girinha, lá isso é! Talvez para um passeio à noite. 
Sapatilhas, a paixão que veio para ficar, talvez porque cada vez lançam sapatilhas mais bonitas ou talvez com a idade quero mais é andar confortável (e gira ao mesmo tempo). Ah e um baton nude, estou fã (e logo eu que não sou pro em maquilhagem mas gostei mesmo!)

terça-feira, 10 de janeiro de 2017

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

A nova queridinha do mês ♥

Blusa

Eu queria mostrar aqui no blog esta blusa, já no inicio do ano mas acabei por publicar nas outras redes sociais e não o fiz por aqui...
Já a tinha visto em outras lojas, do mesmo género e ela ficou debaixo de olho. É exactamente como a da foto da modelo, sem tirar nem pôr! O detalhe da manga, foi o que me fez apaixonar por esta e não por outras. Girissima! 
Fiquei balançada entre a preta e a branca mas já tenho muitas blusas pretas por isso desta vez, veio a branca comigo. 


A quote a day keeps the doctor away #1048


quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Eu e o frio ...

Blog 
Blog
Não! Mil vezes, Não!  Quando é que eu na vida iria conseguir andar em tempo de frio como estas bloggers? Nunca! Bem, se calhar conseguia se a temperatura do ar rondasse os 20.º... 
Já sei que vão dizer que elas só se vestem assim para a foto e depois devem cobrir-se com uma manta de penas MAS eu vejo jovens assim em plena rua. Compreendo que eu devo ser aquela em que termostato avariou ou é mesmo a pouca camada adiposa que me envolve o corpo.
Sou a friorenta da zona, não consigo estar confortável a sentir frio, detesto andar com os pés frios. Quando é que na vida eu conseguia andar de sandálias em pleno Inverno? Ou de galochas e sem meias? Não me parece... e com isto não estou a dizer que o problema é delas, o problema é mesmo meu, adoro andar quentinha e confortável. 
Por isso, no Inverno adoro estas capas para andar por cima da uma camisola. 
Gosto de as conjugar com uns jeans, e uma camisola e estou pronta para o dia. 
Adoro o conforto.

Capa/Poncho

Capa/Poncho