quinta-feira, 24 de Julho de 2014

Três Livros e um Passatempo

 
Que altura melhor do ano senão esta para relaxar e acompanhar com um belo livro?
De facto, Para mim o Verão é mesmo a melhor altura para ler. Adoro estar numa esplanada apanhar banhos de sol e a mergulhar numa bela história que nos faz viajar no tempo e na mente. Gostava de ter mais tempo para ler mas o meu livro anda sempre dentro da minha carteira pronto a ser lido.
E agora, o melhor, um passatempo! Três livros para oferecer.
O método é fácil e rápido. Sigam as instruções.

A quote a day keeps the doctor away #581


segunda-feira, 21 de Julho de 2014

A minha bebé cresceu...

Bolo da "Nuvem de Açucar"

Nem quero acreditar que a minha bebé já tem 4 anos. 
Já diz "Mamã!! não me apertes as bochechas" ou então "Mamã! não há nenhuma mamã no Universo melhor que tu, não importa as outras mamãs".
Escusado será dizer que leva o que quer de mim, derrete-me até aos poros. Se soubesse que no fundo sou tão imperfeita e que tenho tantos medos e inseguranças... engraçado como crescemos juntas. 
A minha bebé já não pesa 2.010kgs e já não se perde nos meus braços, agora enche a casa e o coração de gargalhadas e de uma alegria sem fim. É a nossa princesa, e pode parecer piroso mas é verdadeiramente a nossa princesa. Doce, meiga e uma guerreira cheia de força desde o primeiro suspiro de vida. É a nossa obra prima, sem dúvida.

O fim de semana foi de festejos e muito mimo. Cansada mas definitivamente Feliz! 

P.S. Não! Não estou grávida. Isto em resposta às imensas perguntas que me fizeram a propósito do post "Dia 18".

A quote a day keeps the doctor away #578


sexta-feira, 18 de Julho de 2014

Dia 18 ♥

Há quatro anos atrás (já??) este dia 18 era um dia como os outros, um Domingo em que me vesti toda "pimpona" para ir ao Baptizado da Leonor. Foi um domingo de sol lindo e eu vestia um vestido preto (abaixo) justinho onde se podia ver a minha linda barriga de 8 meses.
Sentia-me linda com a minha barrigona e não arrisquei a levar os meus famosos saltos altos pois não queria que as minhas costas ficassem zangadas comigo.
Para mim, nesse dia 18 ainda me faltava um mês para a Sabrininhas nascer. Ansiava pelo mês de baixa que eu ia ter para descansar e preparar tudo para o nascimento dela. Não tinha saco da maternidade preparado, deixei tudo para este mês de relax que eu preparava para descansar. No emprego já tinha quem me substitui-se e ainda estava em fase de formação. Planeei tudo nas calmas. Nem sabia o que esperava!
 
Mas este dia 18 passado quatro anos, tomou um novo significado. É o dia de cada mês que eu procuro e conto pelos dedos quanto tempo já passou...
É o dia que acordo com um sorriso nos lábios e me lembro que este dia é mais um mês que passou e me deixa feliz.
É o dia que quando passa faz-me acreditar que é possível haver um passado que pode ficar lá atrás e um futuro que espera por nós.
É o dia que consigo acreditar que as tempestades também passam mesmo que durem muito tempo.
No domingo a Sabrininhas faz 4 anos e hoje dia 18 faz 4 meses que eu acredito que a vida pode ser diferente. Nem sempre as coisas chegam no tempo que queremos e quando planeamos mas hoje acredito mais um bocadinho que chegam quando menos esperamos...
 
 

A quote a day keeps the doctor away #577