terça-feira, 24 de abril de 2018

Estes tempos modernos...



Eu até me considero uma pessoa tolerante, aliás tenho sempre presente os meus limites em relação aos outros. Não sou melhor que ninguém e digo sempre à minha criança, não somos mais que outros mas os outros também não são melhores que nós. Isto no sentido que somos todos iguais, seja em género, opções religiosas, sexuais e por aí fora. Se há coisa que me irrita é quando me tentam "vender" que as opções deles são melhores que as minhas... não são não! Simplesmente somos pessoas diferentes e isso faz com que façamos opções diferentes na vida.
É feio e muito falta de educação fazer comentários depreciativos. É gorda, é magra, é feia ou o diabo a sete, é errado! Nunca me canso de ensinar isto à minha pequena.
Esclarecida a minha posição e tudo que acredito e pratico, vamos à segunda parte da minha opinião destes tempos modernos.
Nesta era da globalização onde temos acesso a tudo e mais alguma coisa ao segundo, acho que as pessoas ficaram de certo modo extremistas. 
Passo a explicar, ou ficam demasiado insensíveis e já nem sequer ficam sensibilizadas por imagens de atrocidades que se cometem por esse mundo fora, ou então ficam extremamente sensíveis ao que se diz ou se comenta por essa net fora. Deixam de identificar quando as coisas são ditas com a real maldade ou simplesmente são comentadas de forma simples. Hoje em dia, não se pode comentar nada sem alguém que lê, sinta que estamos a discriminar ou criticar, simplesmente porque se comentou. 
Acho muito bem se esteja atento quando se faz algum comentário maldoso mas é preciso separar o trigo do joio.
Isto a propósito de umas fotos que coloquei da princesa à saída da maternidade, horas depois ter dado à luz a criança. Comentar o facto de a realeza estar fresca e fofa horas depois não quer dizer que eu a esteja a criticar, percebem?
É comentar, constatar que ela está linda e com bom aspecto, que quem dera a muitas conseguirem se levantar quanto mais estar assim como ela. Mas cada uma é como cada qual, e a mesma pessoa pode não ter dois partos iguais. 
Mas isto é depreciativo?? Claro que não!!! 
Assim como eu não critico ou julgo quem mesmo após dias de parir, ainda parece que foram atropeladas por um camião. Isto é real, há partos melhores e há partos piores! Não controlamos, não sabemos como vai ser um nem outro.
Não critico mas posso comentar? Certo?
Eu há 8 anos atrás que saí da maternidade, quase sem barriga mas isso porque eu sou magra, tive de fazer dieta na gravidez e a minha estrutura é assim, não foi para mostrar a ninguém ou dizer que sou mais que as outras. 
Não parecia que tinha tido uma criança. Tirando o fato de não me ter vestido de vermelho mas posso garantir que estava com bom aspecto. Mas não sou exemplo para ninguém, aconteceu por uma variedade de factores meus. Assim como comento o bom aspecto dela, posso comentar a falta de cabelo dele. Que podia dizer que era por ser pai pela terceira vez. Não é por ser mulher ou homem. Percebem o que quero dizer? E não é criticar, não é ser má mas por podemos falar naturalmente das coisas. É assim que eu interpreto. Há maneiras e maneiras de falar, claro! 
Estamos habituadas a estar sempre à defesa, sempre alerta com o que se diz como se diz, eu compreendo pois esta globalização assim nos arrasta. Mas temos de relaxar mais, não levar as coisas tão literalmente e acima de tudo saber quem é a pessoa que está a falar 😉

terça-feira, 17 de abril de 2018

Os autocolantes desta vida

Uma pessoa apanha secas no trânsito e depois de pensar em todas as coisas que tem de fazer em casa, no trabalho e afins, começa a ter de encontrar entretenimento para as as horas mortas.

Ora estava eu ali atrás de um carro, quando olho para o vidro de trás do carro da frente e vejo o típico autocolante: Bebé a Bordo. Levando em consideração a cor do dito, o bebé já deve ter uns 18 anos por esta altura. Toda a gente sabe que é tramado depois tirar aquilo do vidro. Deve haver pessoal que compra um carro em segunda mão ainda com estas coisas colocadas.

Adiante, mas assolou -me um pensamento profundo: Afinal aquilo serve mesmo para quê ? Para dissuadir os outros condutores de ter uma condução perigosa?? Mas as bestas quadradas da estrada, sabem sequer ler? Ou sequer querem saber se ali (provavelmente) vai uma criança? Ou se ali vai um pai ou mãe de família? Claro que não!

Aliás, acho que estes autocolantes servem mais para conforto psicológico dos pais, do que para outra coisa. Ou então, para dizerem ao mundo que escolheram o nome Tomás ou Maria para a sua criança. Ou ainda, a que acho mais pertinente, simplesmente existem para fazer publicidade gratuita a uma qualquer papa de bebé e afins!! Pronto! Resulta, principalmente quando estamos em filas intermináveis de trânsito.

Pelo menos para mim resultou, ocupou a minha mente a pensar nisto enquanto alternava entre o travão e a embraiagem.

sexta-feira, 6 de abril de 2018

A Minnie aos nossos pés

Podem-me chamar criança (que eu até agradeço) mas eu adoro as personagens da Disney. Sou uma apaixonada por tudo que é bonecada da Disney. 
De todas as vezes que fui à Disney em Paris, era ver-me a ficar maravilhada com toda aquela magia. Adoro mesmo! Da última vez trouxe um bloco cheio de assinaturas das personagens! Andei a trás do Mickey e do Pateta para me darem um autografo, a louca!! 
E voltarei lá mais umas outras tantas pois para mim é sempre como se fosse a primeira vez! E a loja da Disney, nem vamos mencionar, torrava lá o meu ordenado 😅 
Desta vez, a Chiara Ferragni (conhecem, certo?) fez uma colaboração com a Disney e fez esta colecção capsúla e de edição limitada para os nossos pés. E não é que ficou fofinha? 
Esqueçam o preço 😵 vale pela inspiração para quem gosta do conceito! 






A quote a day keeps the doctor away #1273


quinta-feira, 5 de abril de 2018

Peça Girinha do Dia 😍


Sim já tenho um casaco de pele preto mas sou a amante destes casacos que vou eu fazer? E adoro os da Mango, e esta beleza está com 23% de desconto 😍 acham que vai baixar mais? Acham? 😏

terça-feira, 3 de abril de 2018

Peça Girinha do Dia 😍

Bucket Bag
Esta cor anda na lista de preferências estes dias! E esta carteira? Está tão primaveril, tão girinha que só ela! Está na lista ♥ 

A vaidade do dia

Então essa Páscoa? Correu benzinho?
Por cá, muito bem! Para mim Páscoa é família, e estando todos, é sempre uma maravilha.
Doces? Muitos! Caça aos ovos com a mais pequena, coisa que ainda não tinha feito com ela mas foi muito divertido!!!
Depois é o costume, saltar de casa em casa a enfardar doces e companhia.
Aproveitei para receber o compasso a estrear este macacão, se calhar estava demasiado "shinning" mas na ressurreição temos de nos vestir a preceito. Claro que não saí à rua assim vestida, pois eu sou uma friorenta mas deu para estrear a peça. Andava há semanas com ela no guarda roupa à minha espera... era para ter sido nos 40 anos mas como tenho sempre acontecimentos imprevistos, desta vez não foi excepção.
Mas o macacão é exactamente o que eu esperava, girinho que só ele, veio com o fato de banho que mostrei aqui. Agora é vir o Verão para usar e abusar do meu queridinho.




A quote a day keeps the doctor away #1271