segunda-feira, 22 de Setembro de 2014

Sav uma mulher de paixões fáceis desde 1978

Jessica Simpson

Naughty Monkey 

Aldo 


Aldo 

Serve-te o chapéu?

Sou uma eterna apaixonada por chapeús e gorros no Inverno! Adoro mesmo mas tenho uma cabeça pequena e tenho tanta dificuldade em encontrar chapeus que me fiquem bem.  Não desisto da minha busca pelo chapeu que fique à medida da minha cabeça. Acho que vou enveredar pela secção de criança e ver se acho algo decente. 


Bershka


La Redoute



Mango


Stradivarius

A quote a day keeps the doctor away #619


quinta-feira, 18 de Setembro de 2014

Obrigada ♥


Já que falei em roupa, agora são botas!

Primigi

Hera

Chipie

Catimini 
Catimini
Já que estamos numa onda de roupa de criança e afins, as botas são a próxima coisa que tenho de comprar para a Sabrininhas. 
Do ano passado ficam as fotografias dela com as botas pois agora nenhum exemplar serve, NENHUM! Isto é um abuso, todos os anos tudo novo. Eu também compro muitos sapatos para mim mas uso todos, não cresce o pé de um ano para o outro... de facto, a partir de agora deve mingar pois a idade avança, adiante! 
Sapatos é daquelas coisas que eles mais gastam e destroem e por isso tento sempre comprar um mix de sapatos bons e outros menos bons para ir intercalando consoante a situação. 
Este ano voltamos à estaca Zero! Tudo de novo. Começa a saga da Sav Maria que tem uma filha que já diz que não gosta (como é possível?) e torce o nariz quando digo: Gostas? Já sei que tem a quem sair mas tem 4 anos, senhores! 

Roupa Mini ♥

Chega esta altura do ano (este ano um pouco mais cedo) e começa o dilema das roupas e dos sapatos, ainda não está frio para usar roupa quente mas chove como não há memória. 
Ela cresce de dia para dia e tudo do ano passado já não serve, então os pés... nada serve! 
Eu sinceramente não sou daquelas de gastar horrorores em roupa de criança pois é tudo tão transitório que acho um desperdicio. E agora com a escola é que vou ver o que é gastar roupa e afins. 
As lojas de criança  agora têm colecções tão giras e a bom preço que os mais pequenos andam sempre girissimos. Eu não sei como é com os meninos mas a relação do factor "filhas e lojas" é explosiva. Eu desgraço-me! Não sei se tenho mais prazer a comprar para ela ou para mim. Ok! Sei, é mesmo comprar para ela. Adoro escolher as roupinhas, os sapatos e os acessórios. Uma perdição. 


H&M








Mayoral 

A quote a day keeps the doctor away #617


quarta-feira, 17 de Setembro de 2014

White Just White

Acho que foi desta que o Pseudo Verão que tivemos aqui a Norte, foi mesmo embora. Este ano soube-me a nada o calor intermitente de um Verão inexistente e uma Primavera (que eu adoro) mas que chegou cheia de chuva. Não havia necessidade de nos abençoar com tanta água. 
Assim sendo, vou começar a usar as botas e os casacos. Nada melhor do que dar uso a um casaco que estava à espera no meu guarda-roupa. Branco como eu gosto. Curtinho e cheio de pinta. 


Casaco Branco

Listening Over and Over Again

terça-feira, 16 de Setembro de 2014

You know that I`m no good


E depois de um dia de um sol espectacular a 16 de Setembro de 2006 e de um dia fantástico, fomos para a melhor parte, a lua de mel. 8 anos!!! A sério?

O primeiro dia!


 
 
Não me lembro quando entrei a primeira vez no pré escolar, não tenho nenhuma memória dessa altura. Lembro-me sim de uma única passagem em que a minha amiga P. (que é minha amiga até hoje) abraçada a outro miúdo passou por cima de um puzzle que estava a construir.  Não sei como reagi, não me lembro se lhe acertei ou simplesmente desatei a chorar (que deve ter sido o mais provável) mas esta memória ficou para aqui perdida na mente. Rimo-nos imensas vezes quando falamos sobre isto pois ela não se lembra de nada.
Lembro-me sim do meu primeiro dia de escola na primária. Chorei que nem uma Madalena arrependida... não me lembro o que a minha mãe fez ou disse para que eu voltasse no dia seguinte mas sei que o meu percurso escolar começou ali e foi até ao fim.
Agora estou do outro lado, e o papel não é o mais fácil. Sinceramente até acho que me dói mais agora do que quando eu fui para a escola.
O primeiro passo para a autonomia, para o mundo que a espera e que sei que nada tem de cor de rosa, a cor preferida dela. É um processo de evolução para ela e principalmente para mim. E sim, ela habitua-se e vai aprender a defender-se e a separar o bom do mal. Afinal é  disto que se trata crescer, aprender sempre mais e tentar sobreviver nesta selva de pedra.
Não posso dizer que correu excelentemente ou que ela veio a criança mais feliz do mundo mas estamos a começar, isto é só o inicio.
 
Agora só um recadinho para o miúdo que a empurrou no recreio e consequentemente ela magoou as mãozinhas de fada: Don´t mess with my Girl! A Sav Maria é menina para ir à escola e começar a distribuir "lenha".
Pronto! Eu controlo-me... são só crianças!